Subscribe Now
Trending News
Sexworkers

Tessi: “Siga a sua essência e seja extremamente poderosa”

  • Nome: Thainá Pereira dos Santos (Tessi)
  • Idade: 26 anos
  • Cidade: Três Rios – RJ
  • Twitter: @tessioficial
  • Instagram: @tessioficial
Fotografia:@juanguedess
Tessi
Fotografia:@juanguedess

Tessi transmite a suavidade da essência conforme adentra aos inesquecíveis momentos naturais e magníficos. Suprema em suas atitudes, ela desperta inspiração aos prestativos olhares daqueles que se permite viverem o show das dançantes vibrações do seu ser.

Fantástica como as batidas das músicas que adora, batemos um papo regado a conhecimento e esplendor sobre a vida e o aprendizado como sexworker.

Tessi

Tessi

Para começar a nossa conversa, conte-me como surgiu a ideia de trabalhar com conteúdo adulto e quais foram os caminhos que te levaram até onde está?

Bom, eu comecei a trabalhar com conteúdo adulto por causa de um objetivo: A música. Eu sou uma bailarina profissional que trabalhou com diversas artistas no decorrer da minha jornada como Anitta e Ludmilla. Fiz vários clipes também como “Sensacional” com o Kevin o Chris e durante esses anos eu fui aprendendo como a trabalhar e se tornar uma artista totalmente completa dentro da indústria e dos streaming’s.

Quando a pandemia se iniciou eu resolvi voltar para a minha cidade natal e logo em seguida conheci o Onlyfans através da Mc Mirella, a qual eu sou extremamente fã, meu sonho de vida é ser amiga dela (risos).

Com isso, eu tive que pesquisar como me cadastrar no site já que não é só você criar um login e senha, e sim todo um trabalho por trás de tudo que é feito e produzido. Eu tive que pensar em ensaios, fotógrafo, looks, cenários e foi através do YouTube que eu encontrei uma Youtuber que explica, ensina e fala da sua relação e que quanto ela ganha, de quanto ela já faturou e o que e como você trabalha dentro do site, o nome dela é Lety Plum.

Hoje, a Lety faz parte do meu grupo de melhores amigas. Quando eu a achei no YouTube, fui atrás dela no Instagram e acionei ela pedindo uma assessoria e ela cobra R$100,00 pra poder te ensinar, porém, nos tornamos best friends forever e isso é até hoje, tudo no período de 10 meses.

Há quanto tempo você trabalha com conteúdo adulto?

Como eu disse na pergunta há cima, eu estou nesse ramo há 10 meses.

Tessi
Tessi/ Fotografia:@juanguedess
Tessi/ Fotografia:@juanguedess

O que mudou na sua vida desde que assumiu esse trabalho?

Muita coisa mudou. Eu moro numa cidade muito pequena e tudo e qualquer coisa que eu faça vira motivo de fofoca. No início eu tinha os meus receios e convicções de que as minhas fotos e vídeos poderiam vir a vazar, dito e feito. Demorou cerca de 1 mês pra vazarem as minhas fotos e eu fiquei muito irada, na época eu lembro de tentar me suicidar.

Antes deu entrar nesse nicho eu conversei com os meus pais, já que eu moro com eles e acredito que no mínimo deveria era realmente dar uma satisfação a eles.

Sobre criação e publicação de conteúdos nas plataformas. Como é o seu processo criativo para bolar os seus conteúdos? Você se inspira em alguém, pesquisa algum tema ou recebe sugestões dos seus seguidores?

Quando eu entrei no Onlyfans, conheci também a Privacy também que é uma empresa brasileira e que reside em São Paulo. Eu decidi me disponibilizar a ir até lá conhecer e entender melhor como tudo isso funciona na “vida real” já que eu estava há meses vivendo completamente pela internet e não sabia o que tudo isso se tratava de verdade. Lá na empresa, as meninas são super atenciosas e ensinam vários macetes e que dão certo.

Tessi/ Fotografia:@juanguedess
Tessi
Tessi/ Fotografia:@juanguedess

Trabalhar com conteúdo adulto mexe com você? Que tipo de sensação esse trabalho provoca na sua essência como pessoa?

Mexe, e muito. Eu tive que ficar e até hoje eu tenho que explicar que eu não sou acompanhante e nem garota de programa porque tem umas pessoas que são muito invasivas e não se contentam apenas com os conteúdos que estão sendo vendidos ali, na internet. E eu faço isso, vendo conteúdos, apenas. Eu vivo assim e isso pra mim basta.

Na sua concepção, o que é ser sensual? Como que você lida com a sua sensualidade?

Ser sensual para mim é conseguir externar a mulher mais poderosa que há dentro de você, sem medo e sem muito mimimi. Se você se disponibiliza em servir a sua essência, a sua força e a sua beleza para o mundo você já está sendo uma mulher extremamente corajosa. E isso é ser linda e inspiradora e é assim que eu me sinto, hoje.

E tem mais, pra eu amadurecer essa ideia eu tive que apanhar muito, ser muito criticada, ser rejeitada, ser sozinha acredito que isso tenha sido mais difícil: ser sozinha. E entender que a minha mulher interior conversa com a minha mulher exterior e que elas se dão super bem. Eu me acho gostosa pacaralho e eu sempre tive essa libido forte e agressiva em mim, então, com o passar dos anos eu me sinto cada vez mais dona de mim e está tudo bem.

Tessi
Tessi/ Fotografia: @seja_privacy

Qual é a razão dos seus suspiros?

A minha música. Ela é tudo pra mim. Eu comecei dançando e a minha mãe sempre me apoiou muito, então quando eu decidi me tornar a minha própria empresária não foi diferente e ela sempre disse pra mim: não abandona o que você está escolhendo pra sua vida. E eu fui e venho a cada dia mais me tornando uma empreendedora e elevando os meus talentos e habilidades, graças às minhas escolhas.

O que te deixa mais ligada, erotismo ou pornografia e por quê?

Erotismo, eu gosto de contos eróticos, gosto de conversar com certos rapazes que são os meus fãs, clientes, assinantes… eu gosto muito também da pornografia. 

Tessi
Tessi/ Fotografia: @seja_privacy
Tessi/ Fotografia: @seja_privacy

Dentro da produção de conteúdo adulto, você procura se mostrar de uma maneira mais artística, ou segue uma forma mais espontânea, deixando fluir naturalmente?

Eu já sou uma artista, então eu consigo separar a pessoa espontânea da artística. Eu acompanho algumas colegas do mesmo nicho e vejo que a diferença entre nós geralmente é exatamente essa.

Elas são naturais, elas colocam o celular ali e fazem, isso me deixa excitada imagina quem compra rs. Já eu quando ligo a câmera ou sou fotografada/filmada, eu já mudo completamente e vem a mulher mais artística possível que existe dentro de mim e a naturalidade some um pouco.

Eu prefiro ir por esse caminho até porque eu acredito que uma mulher em quatro paredes é totalmente diferente de uma mulher sendo gravada, exposta.

Ser exibicionista pode ser considerado uma forma de expressão artística?

Com certeza. E é muito incrível conciliar o gosto de querer aparecer com a forma de querer se expressar, desde que fique bonita e que case com a arte no geral… conheço muitas cantoras que usufruem disso, eu mesma. E como trabalho com a minha imagem 24 horas, às vezes acho cansativo, tem hora que queria só um moletom e um stop please darling.

Tessi/ Fotografia: @seja_privacy
Tessi/ Fotografia: @seja_privacy

Família, amizades e relacionamentos amorosos, como que é a relação deles com o seu trabalho?

A minha família entende e desde que eu pague as contas, os cartões de crédito, compre comida pra casa, pague a internet, eles sabem que estou trabalhando e não matando e nem roubando.

Já os meus amigos tive que mostrar na prática o que realmente falo e sou, pois sempre levantei a bandeira de não trabalhar como pg, mas as pessoas faziam questão de levantar esse assunto e dizer e falar o que queriam até eu ir aos meus stories, bater três palmas, gritar com Deus e o mundo e eles entenderem que tenho os meus sites e é isso, foi aonde meus amigos falaram: Cara, isso foi muito importante.

Eles se inspiram em mim porque hoje no mundo em que vivemos a internet faz parte quase que 100% de nossas vidas diárias, trabalhos e afins, e é onde o empreendedorismo deles também elevaram já que me viam e veem fazendo as minhas divulgações e dando certo no final.

Os meus relacionamentos amorosos entram aí nessa ideia também, eles sabem que o resultado é imediato e que o esforço no final vale a pena. Então, no fim, é todo mundo se amando e se apoiando.

O que as pessoas irão ver, acessando os seus conteúdos?

Fotos nua, seminua, pequenos vídeos acariciando meus mamilos, minha vagina, dançando Twerk de calcinha, pelada. Fotos com poses segurando a perna. Fotos de quatro. Deitada na cama. Tocando siririca.

Fotografia: @leticiargonfotografia
Fotografia: @leticiargonfotografia

Já sofreu algum tipo de preconceito por conta de trabalhar com conteúdo adulto? Você acha que nos dias de hoje as pessoas já entendem melhor e aceitam o(a) profissional que segue esta profissão?

Sim, uma vez eu fui contratada para ensaiar uma festa junina de uma escola muito requisitada e uma mãe louca de um dos alunos fez de tudo pra me despedirem, eu me senti muito humilhada naquele instante.

Já engoli e engulo muito sapo por conta disso. Eu acredito que seja e estejamos num processo. Daqui a pouco vai virar moda, muitos artistas que nunca imaginamos querer entrar nesse ramo já está entrando porque todo mundo tem curiosidade de ver como é o corpo, principalmente as partes íntimas daquela pessoa, e querendo ou não no primeiro instante é um dinheiro enorme que entra. Tem gente que fica milionária com os sites pornográficos.

Você acredita que em pleno século XXI, com a expansão da comunicação, redes sociais e as plataformas de relacionamento, falar de sexo e expressar a sexualidade ainda é um tabu na cabeça do brasileiro?

Ihhhh, com certeza. Tem gente que é muito ignorante e te trata como um cocô pelo simples fato de estar comprando um pack que na hora ali custou R$20,00.

Trabalhar e lidar com as pessoas não é tarefa fácil em nenhuma profissão. Você geralmente tem jogo de cintura para lidar com gente “desagradável”? Qual o tipo de atitude que você toma quando uma pessoa está começando a se tornar inconveniente?

Tive que aprender, e ando aprendendo até hoje porque é cada maluco(a) que você vai encontrando no meio do caminho querendo te tombar que fiquem pasmo, é difícil se acostumar. Dependendo do nível, eu bloqueio. Mas antes de tomar essa atitude eu tento conversar e explicar, mas como a maioria da minha galera já me conhece sabe do meu nível de paciência eles não costumam fazer muita graça, na internet todo mundo tem superpoderes, certo?

Ligado a pergunta anterior, o contato e a exposição pessoal podem se tornar estafante? Como que você lida com o estresse e a ansiedade? Faz algum tipo de terapia ou alguma outra atividade para relaxar?

Muito. Não só estafante, mas como desgastante. Sempre gostei de estar nos rolês e desde que comecei a trabalhar com isso, me distanciei da maioria das coisas que gostava de frequentar.

Recentemente fui a uma festa, e foi horrível se eu não fosse tão empoderada e afrontosa eu jamais teria aguentado 1 hora de festa e eu saí carregada, pois eu resolvi viver o meu momento, sou jovem e as pessoas não podem querer me bloquear das coisas que eu verdadeiramente gosto pelo simples fato de trabalhar expondo a minha imagem no fim fazemos as mesmas coisas, vendas.

Eu tive que começar a frequentar a terapia, cheguei a fazer Reiki também, mas por um tempo não estava começando a funcionar a minha terapeuta falou: “ou você compreende a vida que está escolhendo para si ou você vai ter que desistir de tudo isso”. E foi aonde ela me recomendou um remédio (floral), e eu cheguei a tomar do jeito que ela havia mandado depois de um tempo fui deixando de lado e me aceitando cada vez mais. As pessoas não sabem do poder do julgamento que elas têm em cima de outro ser humano e o quanto isso pode ser horrível e entristecedor.

Fotografia: @juanguedess

Você enfrenta ou já enfrentou dilemas na sua vida? Se já enfrentou ou enfrenta, como é que você lida com isso?

Sim, sempre. Eu trabalho com a minha imagem desde criança. Comecei com 6 anos de idade em agência de talentos e nunca mais parei, faz parte da minha vida e de quem eu sou a diferença é que fui aprimorando tudo que fui aprendendo e sei. Digamos que, agora depois de adulta de me entender e aceitar como mulher tem sido mais fácil lidar com tudo isso que criei até aqui.

Qual é sua ligação com seus seguidores? Eles são atenciosos?

Eu amo meus seguidores, eu amo meus fãs. Eu chamo eles, todos eles de minha galera. Eles me amam do jeitinho que sou e é lindo porque parece uma família esse universo digital quando você aprende a lidar e a ser gentil com as pessoas o universo entende e te retribui de volta. Isso é lindo. Eu amo a internet.

Fotografia: @juanguedess

O que você não tolera presenciar trabalhando nesse meio?

Gente folgada, gente escrota, gente que tenta te diminuir e/ou comentários do tipo: prefiro pessoalmente, eu te comeria. Como se eu fosse um pedaço de carne, no açougue você consegui adquirir a sua carne basta trabalhar e lutar por ela.

Existem pessoas que te inspiram para você fazer o seu trabalho?

Sim, meus amigos, a minha mãe, meu pai sempre me perguntando: e aí? Vai pagar quanto? Faz meu Pix. E a minha equipe, eu sou artista independente e tenho uma equipe que contêm: 1 fotógrafo, 1 maquiadora, 1 assessora, 2 bailarinos, 1 coreógrafo, 1 stylist.

E todos eles eu pago, eles vivem e colocam o pão através do trabalho deles, então acaba se tornando um ciclo que vem pra mim e vai pra eles e assim sucessivamente.

Fotografia: @fotografacabelorosa

Você consegue ter um momento que é só seu? O que gosta de fazer nas horas vagas?

Sim, eu sou viciada na academia de musculação, não perco um dia se quer, a não ser que algo muito diferente da minha rotina aconteça. Amo assistir série na Netflix e ouvir músicas no Spotify. Também costumo escrever com beats free na internet, tenho várias músicas escritas.

Uma música que transpira tesão em sua vida?

Funk. Eu curto todas as músicas da série “Funk SÉRIE GOLD”, a que eu sou mais viciada é: SIMPLESMENTE ELA, NÃO CONSIGO VIVER LONGE DESSA SURTADA… minha xota pisca!!!! Kkkkkkkkk ALOK.

Fotografia:@juanguedess

Para as pessoas que desejam iniciar na produção de conteúdo adulto, há alguma dica que você gostaria de compartilhar com eles(as)?

Sim. Estejam cientes sempre da tragédia que é ter a sua periquita exposta e visão, foco que dá certo. Precisa de um fotógrafo, um material babado faz a diferença pra poder divulgar nas redes sociais e tals.

Chegou a hora! Abra seu coração e deixe um recado para nossos leitores e seus fãs.

Tamo junto família, quero deixar aqui meu muitíssimo obrigada pelo interesse em comprar meus conteúdos e me sigam nas minhas redes sociais para ficarmos mais próximos do que nunca e ampliarmos também o meu contato com a galera nova que vai estar chegando aí. É isso.

Deixe seu comentário

Posts relacionados