Subscribe Now
Trending News
Sexworkers

Sereia Trans: “Me fez ver o poder da minha sensualidade”

  • Nome: Emilly Sidnei Fernandes (Sereia Trans)
  • Idade: 23
  • Cidade: Goiânia
  • Instagram: @sereiatrans_22
Sereia Trans

Sereia Trans transcendeu e percebeu muitas oportunidades para assumir seu natural ser, este que ecoa com intensidade e pela razão de ser único e inesquecível. Maravilhosa, produz conteúdos que não apenas são vistos, mas sensitivos.

Animada e focado soube compartilhar com exatidão seus atuais caminhos como sexworker. Ressaltou as diferenças que percebeu e como isso a transformou para um novo esplendor. 

Sereia Trans

Sereia Trans
Sereia Trans

Para começar a nossa conversa, conte-me como surgiu a ideia de trabalhar com conteúdo adulto e quais foram os caminhos que te levaram até onde está?

Eu já trabalhava com isso sem saber, tinha uns caras que vivia me pedindo nudes e eu comecei a falar: “paga, que eu mostro”. Então, um dia um homem pediu minha conta e fez um depósito pra mim, peguei e fiz umas fotos e mandei.

No entanto, fazia isso escondido, eu sou uma mulher trans, e onde eu moro não e fácil arrumar serviço, então eu trabalhei como cabeleireira e não conseguia nem me sustentar direito, foi aí que decidir realmente colocar minha cara a tapa e vender meus conteúdos, e foi a melhor escolha que eu fiz.

Há quanto tempo você trabalha com conteúdo adulto?

Trabalho com conteúdo há um ano já, e vivo só disso, não é um hobby para mim.

Sereia Trans
Sereia Trans

O que mudou na sua vida desde que assumiu esse trabalho?

Quando assumir que vendia conteúdo, comecei divulgar, muita gente virou a cara pra mim, falou que isso não era um trabalho, teve gente que eu questionei: a nossa diferença é que você apenas manda e eu faço dinheiro com isso.

Meu financeiro melhorou muito e estou sempre buscando melhorar meu trabalho, pra um dia ser mundialmente conhecida, sim eu sonho alto e corro atrás, porque não e só um trabalho pra mim, é algo que eu amo fazer.

Sobre criação e publicação de conteúdos nas plataformas. Como é o seu processo criativo para bolar os seus conteúdos? Você se inspira em alguém, pesquisa algum tema ou recebe sugestões dos seus seguidores?

Meus seguidores sempre dão sugestão, eu também sigo muitas pessoas que atiçam minha imaginação. Em meus conteúdos tento passar meu eu de verdade, minha sensualidade e cada detalhe. A minha musa inspiradora é a Ray Matos, acho ele incrivelmente sexy.

Sereia Trans
Sereia Trans
Sereia Trans

Trabalhar com conteúdo adulto mexe com você? Que tipo de sensação esse trabalho provoca na sua essência como pessoa?

Esse trabalho me faz ver quem eu realmente queria ser, quem realmente sou, então sim mexe comigo, eu era muito tímida, isso me fez perde a timidez e ver o baita mulherão que eu sou, me vez explorar a mil e uma mulheres que existem dentro de mim, em um único ser, me fez ver o poder da minha sensualidade natural e passei a me amar por inteira.

Na sua concepção, o que é ser sensual? Como que você lida com a sua sensualidade?

Desde muito cedo, antes da transição, eu já chamada a atenção de muitos homens, minha vida todo foi assim, eu achava muito estranho, porque eu não me achava bonita, comecei minha terapia hormonal, e passei a me amar e me aceitar de verdade.

Quando esses caras mexiam comigo, eu percebia que sempre tive uma sensualidade muito aflorada,  meu jeito de falar com a voz doce e calma, mexia com a imaginação dessas pessoas, meu olhar marcante, e meu jeito de passar a mão no cabelo deixava eles loucos, aquele sorriso de canto derrubava qualquer um quando eu queria, então eu acho que a sensualidade natural tá ligada a muitas coisas, e o principal e autoestima, se você se sentir linda as pessoas vão te ver linda, você tem esse poder.

Sereia Trans
Sereia Trans
Sereia Trans

Qual é a razão dos seus suspiros?

Pela mulher que me tornei e luto a cada dia pra ser, por todas as coisas difíceis que já passei e continuei em pé, por noites que eu achei que ia morrer, e eu mesma me abracei e falei que tudo ficar tudo bem, essa nova Emilly é a razão do meu suspiro, tenho muito orgulho de tudo que eu conquistei e vou conquistar, da mulher incrível que me tornei, e quero sempre buscar ser uma pessoa melhor que ontem.

O que te deixa mais ligada, erotismo ou pornografia e por quê?

Com certeza o que me deixa mais ligada é o erotismo, na minha opinião é bem mais instigante, remete a sensualidade, paixão e excitação, e o que eu tento passar nos meus conteúdos.

Dentro da produção de conteúdo adulto, você procura se mostrar de uma maneira mais artística, ou segue uma forma mais espontânea, deixando fluir naturalmente?

Eu acho que um pouco dos dois, depende do meu momento e do meu dia, tento passar uma imagem de paixão e excitação, eu quero que o meu cliente sinta aquele fogo e aquela excitação, então eu dou o meu melhor pra passar isso por foto ou vídeo, quero provocar desejo, tesão, fazê-lo ter vontade de voltar e me sentir através da tela do celular.

Ser exibicionista pode ser considerado uma forma de expressão artística?

Na minha opinião sim, como eu disse acima com a fotografia você consegue expressar paixão, desejo, poder e sexualidade e muito mais, depende da forma que você enxerga isso, e eu acho isso incrível, seu corpo e arte em uma tela pra você explorar o quanto quiser.

Sereia Trans

Família, amizades e relacionamentos amorosos, como que é a relação deles com o seu trabalho?

Algumas amizades ficaram pra trás depois que me assumi como altmodel, em minha família a única pessoa que me importa a opinião é minha mãe e meu marido, os dois me apoiam muito, ficam feliz com cada conquista minha e daí que tiro forças pra continuar a conquistar meu espaço.

O que as pessoas irão ver, acessando os seus conteúdos?

Elas terão uma experiência única, e como eu sempre costumo falar é um cuidado e vicia, porque não e só um conteúdo é a minha arte, exploro cada detalhe do meu corpo, tento fazer a pessoas sentirem um tesão avassalador, tento provoca a excitação ao máximo, e lá e tudo bem explícito pra saber mais vai ter que ir lá conferir rsrs.

Já sofreu algum tipo de preconceito por conta de trabalhar com conteúdo adulto? Você acha que nos dias de hoje as pessoas já entendem melhor e aceitam o(a) profissional que segue esta profissão?

Sim, já sofri preconceito por vender conteúdo infelizmente, mais foi bem no começo, acho que hoje as pessoas que me conhecem já aceitaram que é meu trabalho e que não tem nada demais, acho que já passou da hora das pessoas aceitarem, que isso é sim um trabalho e uma profissão, o povo acha que é simples e fácil, mais não sabe o quão difícil é, exige muito da gente.

Você acredita que em pleno século XXI, com a expansão da comunicação, redes sociais e as plataformas de relacionamento, falar de sexo e expressar a sexualidade ainda é um tabu na cabeça do brasileiro?

Acho que existe muito tabu ainda pra falar sobre sexo, algumas pessoas se fecham muito por causa disso, como eu sempre digo, as pessoas têm preconceito daquilo que elas não conhecem, se elas buscarem conhecer e se informar vão ver que não tem nada demais nisso.

Trabalhar e lidar com as pessoas não é tarefa fácil em nenhuma profissão. Você geralmente tem jogo de cintura para lidar com gente “desagradável”? Qual o tipo de atitude que você toma quando uma pessoa está começando a se tornar inconveniente?

Existe gente desagradável em qualquer área de trabalho, mais lido com isso com tranquilidade, sempre exijo respeito com meu trabalho, que não tô ali pra mandar nada de graça e nem ficar de conversinha, eu dou assunto prós caras que realmente apoiam meu trabalho que estão sempre comprando.

Ligado a pergunta anterior, o contato e a exposição pessoal podem se tornar estafante? Como que você lida com o estresse e a ansiedade? Faz algum tipo de terapia ou alguma outra atividade para relaxar?

Eu sou uma pessoa, extremamente ansiosa, e no momento não faço terapia, o que me ajuda muito é academia com um treino pesado, quando não tô bem eu tiro um tempo de folga, dou uma ida no cinema com meu marido, faço algo que me deixa em paz e assim lido com os dias ruins.

Qual é sua ligação com seus seguidores? Eles são atenciosos?

Minha relação é boa, procuro sempre responder todo mundo, trato todos do jeito que eu gosto de ser tratada, educação e respeito acima de tudo, tenho cliente que já apoiam meu trabalho a muito tempo, e a gente troca ideia, acho bacana esse vínculo.

O que você não tolera presenciar trabalhando nesse meio?

O que eu realmente não tolero é falta de educação e respeito, acho que você tem que me tratar da maneira que eu te trato, infelizmente tem muita gente sem noção, mais tem pessoas muito bacanas também.

Existem pessoas que te inspiram para você fazer o seu trabalho?

Tem sim, eu sempre fui apaixonada nesse mundo, a Doce e a Ray Matos, são duas mulheres que inspiram muito até hoje.

Você consegue ter um momento que é só seu? O que gosta de fazer nas horas vagas?

Eu não sou esse tipo de pessoa que só pensa em trabalho e dinheiro, eu amo meus momentos vendo série, estar com as pessoas que eu amo, ir pra academia, cinema, cachoeira e comer um sushi, estas são coisas que me deixam renovada.

Uma música que transpira tesão em sua vida?

The Pussycat Dolls – Buttons.  Essa com certeza.

Para as pessoas que desejam iniciar na produção de conteúdo adulto, há alguma dica que você gostaria de compartilhar com eles(as)?

Meu é, só comece se você realmente tiver certeza disso, trabalhe sua saúde mental, porque não fácil, nem tudo é mil maravilhas, cobram muito da gente, você realmente tem que trabalhar com isso porque gosta de verdade, não deve pensar só em dinheiro, pense se isso realmente tem a ver com você e sua essência, se sim vai fundo e mostra a que veio.

Chegou a hora! Abra seu coração e deixe um recado para nossos leitores e seus fãs.

Primeiro quero agradecer ao convite, fiquei muito feliz por participar. Gratidão, e espero que você leitor possa ter me conhecido um pouco hoje, através dessas perguntas, onde eu fui eu mesma em cada palavra e em cada frase.

Obrigada por tirar um tempinho pra vim aqui me conhecer um pouquinho. E você mulher que tem vontade de vender conteúdo e senti no seu coração que esse e seu mundo, liga o modo foda-se pro mundo e vai viver sua melhor versão.

E isso serve pra tudo, não deixe os outros falarem oque você deve ou não fazer, apenas você sabe o que te faz feliz.

Deixe seu comentário

Posts relacionados