Subscribe Now
Trending News
Sexworkers

Lis: “Me sentir desejada é a coisa mais excitante que existe”

Lis

Lis descobre sua sensualidade a cada novo dia, maneiras intrigantes de conquistar seu público sob um olhar único, gentil e sedutor.  Seu estilo transcende o próprio com atração e gostosas provocações. 

Batemos um papo sobre ser uma sexworker e os desafios necessários para construir sua imagem.

Lis

Lis

Para começar nosso bate-papo, conte-me como surgiu a ideia de trabalhar com conteúdo adulto e quais foram os caminhos percorridos até o momento?

Há quatro anos, quando fiz 18 anos, um ex-namorado expôs minhas fotos pessoais. Os amigos dele começaram a me procurar e perguntaram se enviaria mais se caso pagassem. Resolvi vender, é claro.  Além de denunciar o babaca (mas sou grata a ele).

É um caminho longo, quem está começando: não espere fama e dinheiro. Nem quem trabalha há anos nisso sabe a fórmula da felicidade.

O que mudou na sua vida desde que assumiu esse trabalho?

Acho que comecei a me ver mais mulher, poderosa, quando parei de depender dos meus pais. Minha estima aumentou. Entretanto, o cansaço é inevitável. Trabalhar com público é extremamente cansativo.

Como as ideias surgem na sua mente para criar seus conteúdos?

Sempre fico de olho nas tendências. Observo as divas de cima para reproduzir aqui na base, fora as datas comemorativas que ajudam bastante nas ideias.

Quais sensações de trabalhar com conteúdo adulto provocam em sua essência?

Me sentir desejada e saber que alguém me escolhe só para me ver é a coisa mais excitante que existe. A sensação é de liberdade e crescimento.

Lis

O que é sensualidade para você?

A sensualidade está até no passo de alguém que se sente poderosa. Um olhar pode ser sensual. É preciso treinar e se aceitar como é.

O que lhe faz suspirar?

Ver os Pix chegando haha!

Lis

O que desperta mais provocações em você, erotismo ou pornografia?

O erotismo é a minha paixão.

Ser exibicionista e produzir conteúdo adulto pode ser considerado uma forma de arte para você?

Arte é a liberdade de criação. Não tem liberdade maior que a sexual. Existe um público para cada gosto e cada corpo, isso se torna uma obra de arte.

O que as pessoas podem encontrar em seu conteúdo?

Claro, além da melhor qualidade visual, muitos closes gostosos para que possam presenciar a essência de cada orgasmo que tenho pensando em cada um que vai adquirir e gozar comigo.

Aposto que você deve ter sofrido muitos preconceitos, como você lida com isso e o que acredita que precisa mudar?

Eu sofro preconceito de estranhos, mas minha família sabe, ela é minha base e sempre me apoiou. Aos estranhos que criticam: amadureçam. Pornografia amadora paga é um luxo, se não pode pagar, não ofenda quem pode e quem vende. Passe reto e aprecie o gratuito 😉

E como é sua vida fora do trabalho, você enfrenta muitos dilemas?

Minha vida se resume ao meu trabalho aqui. Ele quem paga minhas contas e não posso reclamar, sou apaixonada por ele. Mesmo sendo cansativo.

Qual é sua ligação com seus seguidores? Eles são atenciosos?

Em suma maioria, são uns fofos! Me respeitam muito, acatam minhas ideias e sempre voltam satisfeitos.

Lis

O que você não suporta presenciar trabalhando nesse meio?

Rola um certo preconceito, até mesmo entre as modelos. Muitas escolhem compartilhar apenas meninas mais “padronizadas”, como uma forma de manter o feed igual ao conteúdo que ela posta. Fora as contas maiores que cobram dinheiro para divulgar. É insensível com uma iniciante.

Aposto que no meio você deve conhecer muita gente legal. Quem são suas inspirações?

Cherry Adams e Ninna Forbbiden são minhas musas inspiradoras.

O que gosta de fazer nas horas vagas?

Mato meu tempo vendo anime e série (viciada em séries de terror)

Uma música que transpira tesão em sua vida?

Follow Me Down – The Pretty Reckless

Qual dica você daria para alguém que pretende ser sexworker?

NÃO VENHA COM A INTENÇÃO DE FICAR RICA! Com muito trabalho, você fica confortável. Os ganhos que muitas influencers mostram são surreais e vem de outras rendas. Calma. Você vai chegar lá, mas vai demorar. Dedicação e força são essenciais. Ache amigos, pesquise com quem você fala. Nem todos querem seu bem.

Chegou a hora! Abra seu coração e deixe um recado para nossos leitores e seus fãs.

Só tenho a agradecer aos admiradores dessa cultura que é o entretenimento adulto na internet. Um entretenimento limpo, sem indústrias abusivas por trás e com um material exclusivo e belíssimo. Obrigada, de coração, por cada apreciador <3

Gostou do post? Conte nos comentários o que você deseja ver no Suspiro e não se esqueça de nos seguir nas redes sociais: 

Deixe seu comentário

Posts relacionados