Subscribe Now
Trending News
Sexworkers

Himeros: “É um prazer trabalhar com aquilo que se gosta”

  • Nome: Himeros
  • Idade: 34
  • Cidade: São Paulo
  • Twitter: @HimerosGames
  • Instagram: @himeros_games
Himeros

Himeros realiza cada momento enaltecendo e sendo guiado pelas fortes emoções que valorizam cada vez mais sua libido.  Cada visão de seu ser deseja transformar os desejos em fontes palpáveis de imensuráveis e perspectiveis sensações. 

Visionário nos cedeu um pouco do seu tempo para batermos um papo sobre como adentrou ao mundo dos sexworkers. Além, é claro, de apresentar a Mansão Himeros, um lugar destinado aos produtores de conteúdo que desejam alcançar novos ares. 

Himeros

Himeros

Para começar a nossa conversa, conte-me como surgiu a ideia de trabalhar com conteúdo adulto e quais foram os caminhos que te levaram até onde está?

A ideia surgiu quando conheci minha parceira Espuleta, nos conhecemos no Tinder e havia acabado de sair de um relacionamento monogâmico. Quando começamos a nos envolver decidimos que para que o relacionamento funcionasse teria que ser um relacionamento liberal.

Ela já trabalhava com a venda de conteúdos +18 e como camgirl e me disse que não tinha a pretensão de parar com os conteúdos, sendo assim, eu teria que aceitar o trabalho dela, ela ficou surpresa, mas para mim não foi problema algum, disse pra ela que topava esse estilo de vida e que faria junto com ela.

No começo, foi apenas um hobbie, mas percebi que existia uma rivalidade nesse mercado entre as produtoras de conteúdo e que ninguém se prontificava em ajudar ou explicar como funcionava para quem estava começando, então criamos o canal Himeros Games na Twitch.tv para quebrar tabus sobre o camming, relacionamento liberal, porn e desmistificar a venda de conteúdo +18 ajudando novas modelos que gostariam de entrar na carreira.

Há quanto tempo você trabalha com conteúdo adulto?

Eu cerca de 1 ano e meio e a Espuleta a cerca de 3 anos

Himeros

O que mudou na sua vida desde que assumiu esse trabalho?

Me identifiquei com o meio, é um prazer trabalhar com aquilo que se gosta e amo ser apresentador, ator e quebrar tabus. Acredito que o que mais mudou na minha vida foi a realização profissional, deixei o escritório onde trabalhava como gerente de projetos e hoje me sinto completo em minha carreira.

Antes você produzia conteúdos voltados para o mundo games. Como foi a mudança para a produção de conteúdos adultos? Existe um equilíbrio?

Na verdade, o nome Himeros Games vem com a ideia de gamificar as entrevistas com brincadeiras junto as(os) modelos entrevistadas. Apesar de amar jogar games em meu tempo livre, o intuito do canal nunca foi Lives de Games, o nome foi mais uma jogada de marketing dentro da plataforma twitch.tv que tem seu público voltado para jogos.

Sobre criação e publicação de conteúdos nas plataformas. Como é o seu processo criativo para bolar os seus conteúdos? Você se inspira em alguém, pesquisa algum tema ou recebe sugestões dos seus seguidores?

Sempre consumi pornô americano e me inspirei bastante em grandes produtoras para criar nosso modelo de conteúdo. Acredito que o porn amador é maravilhoso, mas não é porque segue um formato amador que não deve possuir qualidade de filmagem, iluminação, edição, ambientação e roteiro.

Nossos conteúdos são gerados da maneira mais natural e romantizada possível, gostamos de passar a intimidade do casal e de nossas aventuras sempre voltando nosso conteúdo para o público que gosta de assistir algo mais “soft“. Mesmo quando geramos cenas no formato “hardcore” ou BDSM queremos passar algo real e que de prazer, menos do famoso “bate estaca” e mais das preliminares, carícias e expressões demonstrando o prazer no ato.

Trabalhar com conteúdo adulto mexe com você? Que tipo de sensação esse trabalho provoca na sua essência como pessoa?

Seria mentira dizer que não. Acredito que todos os criadores de conteúdo +18 ou atores porn passam pela mesma situação. É um trabalho que deve ser levado a sério e é desgastante como qualquer outro, mas que está diretamente atrelado a sua libido.

Existem pontos ótimos que melhoram sua autoestima, mas buscamos gravar sempre que estamos com tesão, não fazemos nada forçado ou mecanizado para que as cenas sejam naturais e prazerosas tanto para quem está assistindo quanto para nós mesmos.

Gosto do resultado de nossas gravações e amo a sensação que gero nas pessoas quando falo do nosso trabalho, o mundo já mudou bastante e as pessoas ficam encantadas quando coloco a venda de conteúdo +18, o meio liberal e porn com naturalidade. Na verdade, isso gera muitas dúvidas a respeito e amo esclarecer e desmistificar o meio.

Himeros

Recentemente, você e a Espuleta (esposa) inauguraram a Mansão Himeros, uma mansão focada nos produtores de conteúdo. De onde surgiu a ideia e o que podemos esperar de grandes novidades?

Temos hoje em dia diversas mansões ou sedes de gamers, modelos fitness, comediantes entre outras, então porque não uma casa de criadores de conteúdo +18? 

A Mansão Himeros é um projeto que surgiu para facilitar a criação de conteúdos +18, um local com diversos ambientes instagramáveis cada um com sua temática, e por todos os participantes serem modelos a mansão se torna acolhedora, as modelos se sentem à vontade de estarem entre pessoas do meio, livres de preconceitos e dispostas sempre a ajudar no desenvolvimento do seu material.

Localizada em SP no bairro da Mooca, ela é um facilitador para sua criatividade, aqui o(a) modelo conta com nossos equipamentos bem como auxílio de direção na criação de seus materiais.

E isso é só o começo! Após o evento de “OpenHouse” estaremos lançando um “reality show” para o YouTube e outras plataformas, teremos workshops de fotografia, iluminação, edição simplificada entre outros voltando sempre para ampliar o conhecimento da modelo no desenvolvimento de seu material e profissionalizando cada vez mais suas gravações focando sempre em qualidade.

Aliás, ainda falando da Mansão Himeros, quem são os produtores de conteúdo que integram a família da mansão? Podemos esperar mais rostos no futuro?

Hoje a família é composta por Himeros, Espuleta, Lizzy Hartz, Amber Kai, Qrozne, Caroleta Roots e NetoPsy. Pretendemos expandir no futuro, quem sabe com uma segunda sede.

Os participantes iniciais do projeto não possuem nenhum vínculo fechado ou permanente com a Himeros Productions e estamos sempre recebendo novos(as) modelos participantes, sendo assim, vocês podem esperar tanto rostinhos novos como convidados ou uma rotatividade futura dos(as) modelos.

Himeros
Himeros

Na sua concepção, o que é ser sensual? Como que você lida com a sua sensualidade?

Essa é fácil! O ponto principal é estar de bem com a vida, de bom humor e a vontade, a sensualidade pra mim é demonstrada na intimidade ou fora dela, ela surge naturalmente nos momentos mais simples, sendo na troca de olhares entre o casal ou a(o) modelo e a câmera. Um sorriso ou timidez demonstrada pode ser tão sensual quanto um flerte com a câmera.

Eu tento sempre entrar nesse estado de espírito para me entregar nas cenas ou fotos, claro que se cuidar faz parte, mas é impossível agradar a todos, então tento ser eu mesmo de modo geral.

Qual é a razão dos seus suspiros?

Espuleta é a razão, a admiração dela por mim e minha por ela, nossa parceria e cumplicidade de vida. Todos acham que estamos a muitos anos juntos, mas nosso relacionamento tem apenas 1 ano e meio e é perfeito.

Himeros

O que te deixa mais ligado, erotismo ou pornografia e por quê?

Independentemente de ser apenas algo erótico ou porn acho que a naturalidade, as expressões faciais de prazer, o toque bruto ou leve, o que me deixa ligado são as sensações passadas dentro de qualquer modalidade, ver o prazer real na cena.

Dentro da produção de conteúdo adulto, você procura se mostrar de uma maneira mais artística, ou segue uma forma mais espontânea, deixando fluir naturalmente?

Um pouco dos dois, amo produzir conteúdos de forma natural e espontânea, mas sempre é bom trazer uma visão artística de closes, enquadramentos e brincar com roteiros e faz de conta. Um mix dos dois é o combo perfeito.

Ser exibicionista pode ser considerado uma forma de expressão artística?

Depende de cada caso, o exibicionismo em sua maioria é um fetiche, mas pode ser colocado como uma forma de expressão artística se envolvido em um projeto que carregue esse objetivo.

Família, amizades e relacionamentos amorosos, como que é a relação deles com o seu trabalho?

Sempre fui meio maluco ou espontâneo como preferir chamar, a família, amigos e relacionamentos anteriores não ficaram surpresos com minha mudança de carreira, na verdade o que mais escutei quando contei foi a frase: “já imaginava, é a sua cara“.

Não tive críticas ou desaprovação quanto ao meu trabalho, todos veem que estou feliz com minhas escolhas e aceitam que esse sou eu.

O que as pessoas irão ver, acessando os seus conteúdos?

Em nossas lives da Twitch.tv vão se deparar com uma zona neutra de preconceitos, nosso chat é uma família receptiva com todos e nossa live traz muita informação sobre sexualidade, fetiches, meio liberal, dicas de sextoys e entrevistas maravilhosas.

Já em nosso conteúdo porn trazemos as aventuras do casal, seja em nossa intimidade, testando fetiches, ménages e festinhas que adoramos fazer.

Já sofreu algum tipo de preconceito por conta de trabalhar com conteúdo adulto? Você acha que nos dias de hoje as pessoas já entendem melhor e aceitam o(a) profissional que segue esta profissão?

Nunca sofri preconceito por fazer parte do ramo, atualmente apesar de não estarmos tão evoluídos de forma geral, a mentalidade das pessoas está mais receptiva com esses tabus.

Estamos longe da perfeição e da quebra desse preconceito, mas acredito que as novas gerações já não possuem essa barreira e a tendência é que essa visão retrograda se apague em algumas décadas.

Você acredita que em pleno século XXI, com a expansão da comunicação, redes sociais e as plataformas de relacionamento, falar de sexo e expressar a sexualidade ainda é um tabu na cabeça do brasileiro?

Apesar de ser um tabu, é perceptível que cada vez mais as pessoas utilizam seu anonimato proporcionado pelas mídias sociais para demonstrar seu interesse e satisfazer suas curiosidades.

Espero que cada vez mais as pessoas se conscientizem que o sexo e a sexualidade está presente em suas vidas e devem ser explorados da melhor forma em busca do autoconhecimento e prazer de forma geral.

Trabalhar e lidar com as pessoas não é tarefa fácil em nenhuma profissão. Você geralmente tem jogo de cintura para lidar com gente “desagradável”? Qual o tipo de atitude que você toma quando uma pessoa está começando a se tornar inconveniente?

Sou muito transparente quanto ao meu jeito de pensar, e o fato de não ser mais um “novinho” faz com que saiba me posicionar da melhor forma em situações como essas.

O jogo de cintura existe, mas em sua maioria os comportamentos ou atitudes inconvenientes ocorrem por falta de informação, então procuro tentar orientar as pessoas da melhor forma sobre certos assuntos.

As pessoas muitas vezes nem compreendem que estão sendo inconvenientes e a condução nesses casos podem fazer com que isso não se repita nem com você nem com outros criadores de conteúdo.

Ligado a pergunta anterior, o contato e a exposição pessoal podem se tornar estafante? Como que você lida com o estresse e a ansiedade? Faz algum tipo de terapia ou alguma outra atividade para relaxar?

Sempre que estou esgotado ou estressado demais paro tudo e tiro um tempo pra mim, seja pra não fazer nada, ver um filme, jogar um game ou só curtir com a Espuleta e os amigos. Pra mim o meu mundo pode parar por um dia pra que no próximo eu volte ao ritmo certo.

Você enfrenta ou já enfrentou dilemas na sua vida? Se já enfrentou ou enfrenta, como é que você lida com isso?

Sempre! Em 99% dos casos eu arrisco, na melhor das hipóteses dá certo e na pior eu ganho experiência. Não fazer nada a respeito ou esperar que as coisas se resolvam sozinhas normalmente não muda nada no seu dilema, então faça alguma coisa!

Qual é sua ligação com seus seguidores? Eles são atenciosos?

Geramos literalmente uma família, uma galera que se respeita e que além do carinho entre si estão sempre próximos da gente. É uma delícia ver o apoio que temos dos nossos seguidores em momentos difíceis e é por conta deles que somos motivados a continuar gerando conteúdo.

O que você não tolera presenciar trabalhando nesse meio?

Essa lista é extensa, mas acho que o que mais me incomoda é o assédio que ocorre com essas mulheres por parte de profissionais da área, isso é desprezível de forma geral.

Existem pessoas que te inspiram para você fazer o seu trabalho?

Trabalhei 3 anos como fotógrafo e minha inspiração que fez eu me apaixonar no nu artístico e na beleza do corpo feminino foi Autumn Sonnichse, uma fotógrafa sensacional que captura a beleza feminina de uma forma estonteante.

Existem outros nomes a serem citados de pessoas que acabei conhecendo no ramo que são guerreiras e guerreiros, cada um em sua individualidade ou nicho de mercado, pessoas que por trás das câmeras são incríveis e me motivam sempre.

Você consegue ter um momento que é só seu? O que gosta de fazer nas horas vagas?

Sempre que possível tiro um tempo pra mim, seja pra ficar em família ou deixar os problemas de lado e só curtir com minha parceira.

Uma música que transpira tesão em sua vida?

Smash Mouth – All Star é uma music que me motiva demais. Afinal “Only shooting stars break the mold”

Sobre o futuro. Existe projetos ou novidades que poderia compartilhar conosco?

Muita coisa ainda fica no sigilo, mas aguardem pois o Reality Show da Mansão Himeros vem pra conquistar a internet.

Para as pessoas que desejam iniciar na produção de conteúdo adulto, há alguma dica que você gostaria de compartilhar com eles(as)?

Vistam a camisa e tenham orgulho do que fazem, se você está feliz com o que faz sem dúvidas a respeito, não vão se importar com julgamentos ou resistências por parte de terceiros.

Estamos em uma luta para abrir a mente das pessoas sobre a profissão e saiba que em qualquer dificuldade você faz parte dessa mudança e ela vale a pena não só pra você, mas pra todos que tem paixões atreladas a cada nicho, seja você fetichista, criador de conteúdo, swinger ou pornstar.

Chegou a hora! Abra seu coração e deixe um recado para nossos leitores e seus fãs.

Todo esse projeto só existe por causa de vocês, muito obrigado por todo apoio até hoje, espero sempre poder contar com vocês. Saibam que somos totalmente acessíveis então não se acanhem em falar conosco.

Vocês fazem parte da Família Himeros!

E aos criadores de conteúdo de maneira geral faço um convite a deixar a rivalidade de lado e se unir. O mercado existe para todos e se deixarmos as diferenças de lado e nos unirmos podemos mudar e muito o mundo atual.

Deixe seu comentário

Posts relacionados