Subscribe Now
Trending News
Sexworkers

Anna Gmack: “Amo despertar curiosidade”

Anna Gmack

Anna Gmack é o encontro das deleitantes e provocantes emoções, quando começou a produzir seus conteúdos não imaginava que iria ajudá-la a compreender mais sobre si de uma maneira autêntica e vigorosa. Em seu olhar tudo se transforma em algo envolvente que precisa ser compartilhado de maneira sábia e atrativa.

Batemos um papo focado em seu aprendizado como sexworker e como isso transformou sua rotina diária.

Anna Gmack

Anna Gmack

Para começar nosso bate-papo, conte-me como surgiu a ideia de trabalhar com conteúdo adulto e quais foram os caminhos percorridos até o momento?

Eu sempre gostei muito de me fotografar, especialmente com fotos sensuais/nudes, mas guardava todas para mim, sempre admirei as Suicide Girls, me inspiro muito nelas há muito tempo.

Jamais imaginei trabalhar com conteúdo adulto, pois sou muito tímida e nunca pensei que fosse dar certo, até que uma vez me relacionei com uma pessoa que me sugeriu que eu vendesse essas fotos, apoiou a fazer conteúdo, e tudo começou assim, meio que sem querer. Comecei para ver no que ia dar e acabou que deu super certo!! Hoje estou aqui dando entrevista!

O que mudou na sua vida desde que assumiu esse trabalho?

Mudou completamente o modo que eu me via, poder pessoal e autoestima a mil!!

Anna Gmack
Anna Gmack

Como as ideias surgem na sua mente para criar seus conteúdos?

Deve ser influência do signo (escorpião) tenho pensamentos sexys 24hs por dia.

Quais sensações de trabalhar com conteúdo adulto provocam em sua essência?

Amo despertar curiosidade e trabalhar com a imaginação, instigar o que as pessoas têm em mente.

Anna Gmack

O que é sensualidade para você?

Algo que me define e carrego comigo.

O que lhe faz suspirar?

Sempre tentar algo novo/diferente.

O que desperta mais provocações em você, erotismo ou pornografia?

Erotismo.

Ser exibicionista e produzir conteúdo adulto pode ser considerado uma forma de arte para você?

Sem dúvida.

O que as pessoas podem encontrar em seu conteúdo?

Muita sensualidade, fetiches e humor.

Aposto que você deve ter sofrido muitos preconceitos, como você lida com isso e o que acredita que precisa mudar?

Sofro ainda, a maioria das pessoas se afastou, perdi muitas amizades, mas ganhei um público incrível! No início ficava muito triste e é exatamente isso que precisa mudar, a mentalidade hipócrita das pessoas, aqueles que apontam o dedo, muitas vezes são os que consomem o conteúdo.

E como é sua vida fora do trabalho, você enfrenta muitos dilemas?

O dilema é falar com o que eu trabalho e fazer as pessoas compreenderem isso.

Qual é sua ligação com seus seguidores? Eles são atenciosos?

Adoro conversar com eles, para mim é como um termômetro do que estou produzindo, são bem atenciosos comigo também, acho bem importante essa ligação.

O que você não suporta presenciar trabalhando nesse meio?

Gente que não sabe nada desse mundo e quer “ensinar como se faz o nosso trabalho”.

Como é fazer parte da Agência Nast, uma agência focada em vendas de conteúdos pela internet? O que aprendeu que lhe ajudou em seu trabalho?

A Nast é como uma luz no nosso caminho, tanto pra quem já produz, quanto pra quem quer iniciar do 0, as mentorias me ajudaram muito como me organizar na produção, deu uma grande reforçada em tudo o que eu ja vinha fazendo. Super indico.

O que gosta de fazer nas horas vagas?

Gosto muito de ler e adoro ver séries e filmes, além de amar cozinhar.

Uma música que transpira tesão em sua vida?

Várias, uma que gosto muito é Doce da Alma da Tribo da Periferia.

Qual dica você daria para alguém que pretende ser sexworker?

Se tá difícil é porque você está no caminho certo! Não desista, constância é a chave! E faça com amor.

Chegou a hora! Abra seu coração e deixe um recado para nossos leitores e seus fãs.

Só tenho a agradecer a cada um dos meus nenês, (chamo eles assim) desde o início a primeira pessoa que me incentivou, agradecer de coração ao carinho deles todos os dias! Isso fortalece demais a caminhada!!

Gostou do post? Conte nos comentários o que você deseja ver no Suspiro e não se esqueça de nos seguir nas redes sociais: 

Deixe seu comentário

Posts relacionados