Subscribe Now
Trending News
Sexo

Sugar Daddy – Que tipo de relacionamento é esse?

O termo Sugar Daddy caiu no linguajar de muitos, aliás, parece que cada vez mais está em alta, seja nas redes sociais ou em uma série se televisão. Hoje vamos falar um pouco sobre este tipo de relacionamento

Do que se trata o Sugar Daddy?

Sugar Daddy

A princípio, Sugar Daddy é o termo dado para  homens com grande poder aquisitivo, que buscam se relacionar com uma mulher mais jovem. Relacionamento esse que é mantido a base de mimos, como presentes, conforto, luxo e viagens.

Pode parecer novidade, mas o relacionamento Sugar Daddy é mais antigo do que você imagina. Durante a Segunda Guerra Mundial, mulheres assumiam relacionamentos com estrangeiros endinheirados para nutrir o seu status social.

A origem do termo Sugar Daddy

Sugar Daddy
Adolph Spreckels e Alma de Bretteville

A expressão surgiu em meados de 1908, com o casamento de Adolph Spreckles de 51 anos, proprietário de uma enorme fábrica de açúcar, com a jovem Alma de Bretteville com apenas 27 anos. Onde a base da relação era mantida por motivos morais e sociais.

Os novos relacionamentos

Sugar Daddy

Este tipo de relacionamento não para de crescer nesses nos últimos anos, ainda mais porque as relações passaram por revoluções. Hoje um relacionamento monogâmico passou a não ser mais o único caminho para a felicidade das pessoas. Com isso, o amor livre, os relacionamentos abertos e o poliamor, tiveram ainda mais presença na sociedade.

Sugar Daddy é o mantenedor e Sugar Baby é a mulher que usufrui das experiências e mimos. Embora, o relacionamento se mantenha com uma via de mão dupla, os dois se entregam de sua maneira e sob equilíbrio.

Em uma tradução literal, Sugar Daddy seria “papai de açúcar” e Sugar Baby algo como “bebê de açúcar”. No Brasil, os termos são utilizados em inglês. Se você reparar, as próprias expressões entregam o que ambos procuram na relação.

As palavras papai e bebê ressaltam que há uma considerável diferença de idade entre os dois. Enquanto a palavra açúcar demostra que o relacionamento é prazeroso e sem estresse, ou seja, sem cobranças e expectativas fora do habitual.

Os termos se adaptaram, assim como as combinações evoluíram no decorrer do tempo. Ultimamente também encontramos mulheres mais velhas que procuram relacionamento com homens mais jovens. Nesse sentido que surgiu o termo “Sugar Mommy”.

Sugar não é apenas sexo

Sugar Daddy

Apesar do que muitos acreditam que o sexo seja a base do relacionamento, as pesquisas provam estar errados. Segundo uma pesquisa, realizada nos Estados Unidos pela socióloga Maren Scull, apontam que muitas Sugar Babies nunca fizeram sexo com seu Sugar Daddy.

Apenas 40% das entrevistadas ressaltam que sentiam uma conexão emocional com seus Sugar Daddies. Algo muito mais carinhoso que o material e carnal. Enfim, todo o tipo de relação deve se basear no respeito e na confiança.

E você, já pensou em ser um Sugar Daddy ou uma Sugar Baby?

Gostou do post? Conte nos comentários o que você deseja ver no Suspiro e não se esqueça de nos seguir nas redes sociais: 

Deixe seu comentário

Posts relacionados