Subscribe Now
Trending News
Modelos

Raiane Porcelli: “Tenho minha autoestima renovada pela fotografia”

  • Nome: Raiane Porcelli
  • Idade: 30 anos
  • Cidade: Taubaté-SP
  • Instagram: @raianeporcelli
Raiane Porcelli

Raiane Porcelli não se prende a estigmas, pois transcende com detalhes em cada momento que incorpora seu ser. Cheia de atitude demonstra com poderosas fotos que o ponto verdadeiro é descobrir o seu profundo interior.

Repleta de coisas boas, compartilhou de forma genuína os avanços que a vida de modelo alternativa proporcionaram em sua vida. 

Raiane Porcelli

Raiane Porcelli
Raiane Porcelli

Para começar a nossa conversa, conte-me como surgiu a ideia de ser modelo e quais foram os caminhos que te levaram até onde está?

Na verdade, aconteceu naturalmente. A gente tem em mente que modelo são somente as de passarela, com um único padrão e sem nenhuma tatuagem!

Eu até havia tentado seguir esse ramo quando mais nova, mas acabou não prosperando, e segui outro caminho.

Até que um dia um colega me apresentou as Suicide Girls, e através da página, conheci a Inked Models, onde todas as modelos precisam ter apenas um único “padrão”: ser tatuada! E naquele dia, pensei “ainda serei uma Inked Model”!

Sempre que abria uma vaga, eu mandava fotos e me cadastrava, até que um dia me chamaram pra fazer parte dessa equipe, da qual sinto muito orgulho de pertencer!

O que mudou na sua vida desde que assumiu esse trabalho?

Ser uma Alt Model é, além de um hobby, ter sua autoestima renovada através das fotografias.

A sociedade é cruel e não imagina que, basta um comentário para te deixar tão pra baixo… E isso é algo que praticamos e aprendemos diariamente entre nós, Alt Models, justamente por compartilharmos, todos os dias, belezas diferentes de todas as modelos!

Raiane Porcelli
Raiane Porcelli

Sobre criação e publicação de fotos nas redes sociais. Como é o seu processo criativo para bolar os seus conteúdos? Você se inspira em alguém, pesquisa algum tema ou recebe sugestões dos seus seguidores?

Para a minha página pessoal, eu ainda não sigo um padrão, até porque compartilho também fotos de vida pessoal etc.

Mas para a página da Inked Models, eu escolho as minhas fotos a dedo. Nem sempre as fotos são super produzidas, de estúdio… às vezes me arrumo para um pequeno ensaio em casa mesmo! Mesmo assim, sempre contando tudo através das tattoos, todas as minhas paixões estão lá, contando uma história através da minha pele!

Ser modelo e compartilhar sua forma natural mexe com você? Que tipo de sensação o trabalho provoca na sua essência como pessoa?

Sim, e isso acaba acontecendo naturalmente! Vou citar um exemplo que acontecia comigo quando eu trabalhava como fotógrafa: era muito comum postar uma foto de uma modelo na minha página profissional, e através dela, inspirar outras mulheres a se sentirem tão poderosas quanto a modelo naquela foto. Além de ouvir o quanto a autoestima foi elevada ao receber o resultado do ensaio!

E hoje, como modelo, percebo que sinto a mesma sensação quando recebo as fotos!

Raiane Porcelli

Na sua concepção, o que é ser sensual? Como que você lida com a sua sensualidade?

Acredito que, ser sensual, independe de como você é ou se veste, mas sim da forma como age. Está no sutil, sabe? A forma como fala, um gesto, uma mexida no cabelo, um olhar…

Lidar com ela ainda é um tabu muito grande, às vezes, até mesmo pra mim, pois a sensualidade está muito ligada à autoestima. Quando eu estou me sentindo bem comigo mesma, é muito natural a sensualidade estar mais aflorada, e isso é perceptível até mesmo através dos ensaios!

Qual é a razão dos seus suspiros?

Confesso que pensei tanto nisso, tantas coisas me inspiram. Mas depois de tanto tempo tentando achar qual era a minha maior inspiração, sabe o que percebi? Que o meu maior orgulho é ver quem aquela Raiane se tornou, aquela que hoje, aos 30 (a idade do sucesso rs) finalmente para pra falar dela com orgulho, sem nenhum repúdio.

Raiane Porcelli
Raiane Porcelli
Raiane Porcelli

Dentro dos seus ensaios você procura se mostrar de uma maneira mais artística, ou segue uma forma mais espontânea, deixando fluir naturalmente?

Sempre deixo fluir naturalmente! E já complementando a resposta anterior, a autoestima x sensualidade refletem muito nos resultados!

Amo ser fotografada nos dias em que a sensualidade está mais aflorada, pois o resultado sai muito mais natural!

Ah, e não necessariamente os ensaios são boudoir (sensuais), pois até em foto de estúdio acaba refletindo!

Seus ensaios podem ser considerados uma forma de expressão artística?

Sim, apesar de serem mais espontâneas, com certeza não deixam de ser uma arte, pois elas refletem completamente os meus sentimentos! Elas são o que me representam!

Raiane Porcelli
Raiane Porcelli

Família, amizades e relacionamentos amorosos, como que é a relação deles com o seu trabalho?

Eu nunca fui de me importar com o que pensam com relação às fotos, principalmente quando elas são mais sensuais, mas ter o apoio de alguém sempre nos deixa mais confiantes!

Meu marido me apoia 100%, inclusive muitas fotos minhas, é ele quem faz! Ele sabe o quanto já fui inimiga da autoestima há muitos e muitos anos, portanto, ver os resultados dos ensaios também é um motivo de orgulho para ele!

Já sofreu algum tipo de preconceito por conta de suas fotos?

Não sei se a palavra certa seria preconceito, mas algumas pessoas acham desnecessária certas exposições em algumas fotografias. O que algumas pessoas veem com maldade, eu vejo arte! Eu vejo uma pessoa que conseguiu se libertar e se amar!

Raiane Porcelli

Você acredita que em pleno século XXI, com a expansão da comunicação, redes sociais e as plataformas de relacionamento, expor a sensualidade e as formas naturais do corpo ainda é um tabu na cabeça do brasileiro?

Sim! E sabe o que é o mais preocupante? A maioria dos comentários machistas vêm das próprias mulheres!

Frases como “seu marido deixa você postar?” ou “ele não se incomoda? “ ainda são muito comuns, infelizmente.

Trabalhar e lidar com as pessoas não é tarefa fácil em nenhuma profissão. Você geralmente tem jogo de cintura para lidar com gente “desagradável”? Qual o tipo de atitude que você toma quando uma pessoa está começando a se tornar inconveniente?

É bem comum homens acharem que, por estarmos nos “exibindo” (pensamento de alguns), é um passe livre pra que eles possam ser inconvenientes em algumas mensagens… Normalmente eu não discuto, pois percebi que não dá pra mudar o pensamento de todos apenas com uma resposta, então, quando chega a um nível que me incomoda, geralmente eu bloqueio.

Raiane Porcelli
Raiane Porcelli

Ligado a pergunta anterior, o contato e a exposição pessoal podem se tornar estafante? Como que você lida com o estresse e a ansiedade? Faz algum tipo de terapia ou alguma outra atividade para relaxar?

Eu fui uma pessoa introvertida por tantos anos da minha vida, que hoje eu amo ter conseguido me “libertar”! Eu realmente não ligo de ter essa exposição, pelo contrário, eu quero que isso seja uma chave para que outras pessoas também consigam o mesmo!

Mas sim, eu tenho os meus momentos na academia, lugar onde eu vou para voltar em dia com a saúde mental rs.

Você enfrenta ou já enfrentou dilemas na sua vida? Se já enfrentou ou enfrenta, como é que você lida com isso?

Já sim, diversas vezes, inclusive muitas vezes tentei fazer tudo ao mesmo tempo, por não conseguir me decidir por qual caminho seguir! Mas tento me policiar desde que percebi que não dá pra depositar a nossa energia em várias coisas ao mesmo tempo.

Qual é sua ligação com seus seguidores? Eles são atenciosos?

Minha conta ainda é privada, mas os seguidores que tenho, são pessoas que apoiam o que faço e elogiam o meu trabalho como alt model!

O que você não tolera presenciar trabalhando nesse meio?

Ver mulheres, que deveriam estar unidas pra se apoiar, (ainda mais na sociedade em que vivemos) desmerecendo outras mulheres, ou tentando passar por cima, na tentativa de alavancar a própria carreira.

Existem pessoas que te inspiram para você fazer o seu trabalho?

Minha inspiração foram as Inked Models, desde muito tempo!

É muito gratificante ver mulheres tatuadas sendo exaltadas, principalmente em um mundo tão preconceituoso em que vivemos!

Você consegue ter um momento que é só seu? O que gosta de fazer nas horas vagas?

Eu preciso e consigo, pouco, mas consigo! Tiro esses momentos pra cuidar de mim e da minha saúde mental.

Porém meu ritmo e minhas necessidades mudaram muito da pandemia pra cá… Antes da pandemia, os meus momentos de lazer eram na rave, na balada, só parava no domingo à noite; já hoje, meu ritmo é muito mais tranquilo, estou em uma vibe de viajar, conhecer restaurantes, e até de Netflix (que antes eu não sentia nem vontade de ficar parada pra assistir rs).

Uma música que transpira tesão em sua vida?

Apesar de não estar indo às raves, o trance nunca irá sair de mim! É o estilo de música que me acalma quando estou nervosa, que me anima quando estou triste… o trance não precisa dizer uma só palavra pra me reerguer!

Para as pessoas que desejam ser modelo, há alguma dica que você gostaria de compartilhar com eles(as)?

Se tem algo que aprendi nessa vida, é que o que é pra ser seu, ninguém vai tirar!

Portanto, lute e persista, que você já estará no caminho certo pra realizar o seu sonho!

Chegou a hora! Abra seu coração e deixe um recado para nossos leitores e seus fãs

Eu quero deixar um recado para as mulheres, para que elas nunca deixem de acreditar no próprio potencial, independente do que já tenham ouvido. Lembrem-se que as pessoas que falam de vocês, são as pessoas que não têm coragem de ter a força que vocês têm! Portanto, nunca deixem que ninguém as diminuam!

E, claro, também quero agradecer a vocês que tiraram um tempinho para me conhecer melhor!

Fiquei muito honrada pelo convite e, se eu souber que já melhorei o astral de pelo menos uma leitora, já ficarei muito, muito feliz!

Deixe seu comentário

Posts relacionados