Subscribe Now
Trending News
Modelos

Boo: “Me expressar nas fotos é libertador”

  • Nome: Camilla (conhecida como Boo)
  • Idade: 27
  • Cidade: Piraju
  • Instagram: @boo_alt
Boo

Boo é uma sonhadora, sempre quis compartilhar sua essência de forma genuína e espetacular. Essa conquista proporcionou a reconhecer sua poderosa autoestima de maneira leve e contagiante. 

Batemos um papo fantástico sobre suas descobertas como modelo e a afirmação de sua personalidade.

Boo

Boo
Boo

Para começar a nossa conversa, conte-me como surgiu a ideia de ser modelo e quais foram os caminhos que te levaram até onde está?

Oie! Então, desde novinha meu maior sonho ser Suicide Girl, então veio daí a vontade de ser modelo alternativa. Infelizmente devido a alguns ocorridos fui expulsa antes mesmo de debutar no site, e sinto que foi uma injustiça muito grande, mas que não vem ao caso.

Ainda nova, admirava meninas tatuadas, com cabelos diferentes, fazendo suas lindas fotos sensuais, então só quis seguir igual um dia.

O que mudou na sua vida desde que assumiu esse trabalho?

Não mudou muita coisa, porque logo que fui banida do SG, larguei mão de tudo e estava só começando. Depois de um ano quase do acontecido, a Baballoo maravilhosa me convidou para a Skull Queens, para ver se me animava de novo a tirar fotos. Porém o que mudou EM MIM, foi a me aceitar melhor, aceitar meu corpo.

Boo

Sobre criação e publicação de fotos nas redes sociais. Como é o seu processo criativo para bolar os seus conteúdos? Você se inspira em alguém, pesquisa algum tema ou recebe sugestões dos seus seguidores?

Me inspirava nas Suicides da vida. Doce, Riae, e uma antiga, que era a Lass Suicide, inclusive, amo um cabelo ruivo e ela era minha preferida.

Ser modelo e compartilhar sua forma natural mexe com você? Que tipo de sensação o trabalho provoca na sua essência como pessoa?

Um pouco. Muitas vezes me pego, comparando meu corpo, minhas fotos com modelos magérrimas. Infelizmente sempre tive problema com minha autoestima, e tenho tentado melhorar nisso.

Porém, poder me expressar nas fotos, me liberta.

Boo
Boo

Na sua concepção, o que é ser sensual? Como que você lida com a sua sensualidade?

É você ser você mesmo! Sem impor padrões de beleza, sem se comparar, ser apenas você, com sua essência.

Qual é a razão dos seus suspiros?

Elogios, rs.

Boo

Dentro dos seus ensaios você procura se mostrar de uma maneira mais artística, ou segue uma forma mais espontânea, deixando fluir naturalmente?

Acho que ambos.

Seus ensaios podem ser considerados uma forma de expressão artística?

Acredito que sim!

Boo

Família, amizades e relacionamentos amorosos, como que é a relação deles com o seu trabalho?

Dou graças que nunca tive problemas com isso. Sempre existe pessoas maldosas, e confundem totalmente as coisas por apenas eu estar sensualizando em uma foto.

Bem, como na minha cabeça devo satisfação a minha mãe, por respeito, ela sabe disso e aceita tranquilamente, inclusive me apoiando muito.

Já sofreu algum tipo de preconceito por conta de suas fotos?

Sim, já fui chamada de N coisas.

Boo

Você acredita que em pleno século XXI, com a expansão da comunicação, redes sociais e as plataformas de relacionamento, expor a sensualidade e as formas naturais do corpo ainda é um tabu na cabeça do brasileiro?

Sim! Vejo muita gente criticando mulheres por se “exporem demais”. Infelizmente ainda tem muita gente de cabeça fechada em pelo século XXI.

Trabalhar e lidar com as pessoas não é tarefa fácil em nenhuma profissão. Você geralmente tem jogo de cintura para lidar com gente “desagradável”? Qual o tipo de atitude que você toma quando uma pessoa está começando a se tornar inconveniente?

Se for virtualmente, nem tenho o trabalho de responder, e dependendo do que for, dou o famoso BLOQ. Pessoalmente, dependendo da situação, posso ser meio rude, ou tentar mudar de assunto.

Boo

Ligado a pergunta anterior, o contato e a exposição pessoal podem se tornar estafante? Como que você lida com o estresse e a ansiedade? Faz algum tipo de terapia ou alguma outra atividade para relaxar?

Não lido muito com ansiedade em relação a exposição, pois tento ser eu mesma. Eu gosto muito de meditar nas horas vagas para relaxar.

Você enfrenta ou já enfrentou dilemas na sua vida? Se já enfrentou ou enfrenta, como é que você lida com isso?

Ter mudado de SP capital para mim foi meu maior dilema. Ter voltado pro interior por causa da pandemia mexeu muito comigo, mas tento lidar do melhor jeito possível, pensando que é apenas uma fase.

Boo

Qual é sua ligação com seus seguidores? Eles são atenciosos?

Hmmm, ainda estou desenvolvendo isso, pois estou voltando nesse meio.

O que você não tolera presenciar trabalhando nesse meio?

Falta de respeito ou qualquer tipo de assédio.

Boo

Existem pessoas que te inspiram para você fazer o seu trabalho?

Como já disse, algumas suicides.

Você consegue ter um momento que é só seu? O que gosta de fazer nas horas vagas?

No momento cantar. Voltei a cantar, fazer aula de música e é meu maior prazer.

Uma música que transpira tesão em sua vida?

Make me Wanna Die.

Para as pessoas que desejam ser modelo, há alguma dica que você gostaria de compartilhar com eles(as)?

Lutar pelo sonho, pois vai ter muita coisa no caminho, mas o foco é não desistir, e é isso que estou voltando a fazer, ir atrás do meu sonho.

Chegou a hora! Abra seu coração e deixe um recado para nossos leitores e seus fãs.

Olha, sou péssima em palavras, mas agradeço muito as meninas que me apoiaram, exclusivamente a Baballo que é um anjo pra mim.

Não desistam nunca dos sonhos gente, uma hora é a nossa hora!

Gostou do post? Conte nos comentários o que você deseja ver no Suspiro e não se esqueça de nos seguir nas redes sociais: 

Deixe seu comentário

Posts relacionados